domingo, 7 de abril de 2013

Tô certo ou tô errado???

                                        Um "bom dia" tá difícil
                                        "obrigado" é pouco usado
um abraço é fictício
"me desculpe" hoje é passado.

O povão tá desprezado
feito gado sem abrigo
toda hora é iludido
no seu brete desalmado.

Eita mundo injustiçado
sem amor e bem querer
só alguns podem comer
desse "bolo" fatiado
                                         mas eu preciso saber
                                         justamente de você
                                         se tô certo ou tô errado???

                                                                                                                     Dudé das Aroeiras

21 comentários:

  1. Se alguém lhe acha diferente
    lhe inveja justamente em ser assim
    não fique com isso descontente
    ao contrário se imponha até o fim.
    É uma pena existir um mal tão ruim
    em pessoas tão fracas e tão doente
    mas perdoe esse pobre incompetente
    e responda ao mesmo mesmo assim:
    Se pelas costas você fala de mim
    é porque EU estou sempre a sua frente!!!

    ResponderExcluir
  2. Há quem diga posso e mando
    aqui quem manda sou eu
    quem quiser pense ser dono
    daquilo que não é seu.
    Por certo não entendeu
    que ninguém aqui tem nada
    de repente a luz se apaga
    ficam os meus tambem os seus
    quem tinha fica sem nada
    e nada é maior que Deus!!!

    Dudé das Aroeiras

    ResponderExcluir
  3. UMA CIDADE...

    Uma cidade é a nossa alma
    impregnada na nossa memória;
    uma cidade é a nossa áurea,
    uma cidade é a nossa história!

    Uma cidade é mais que uma cidade,
    uma cidade é como uma nação;
    uma cidade é mesmo na verdade,
    uma cidade se..se der as mãos!

    Uma cidade somos nós mesmos,
    a construí-la ou destruí-la então;
    uma cidade são os atropelos,
    e os seus herdeiros a reconstrução!!!

    Dudé das Aroeiras

    ResponderExcluir
  4. PAIXÃO É VENTO QUE PASSA
    AMOR NÃO PASSA...JAMAIS!

    A paixão é como o vento
    com suas valquírias ferozes
    às vezes muito velozes
    devastando o pensamento.
    Já o amor é um sentimento
    mais profundo e mais capaz
    refaz o que se desfaz
    é laço que prende e laça
    paixão é vento que passa
    amor não passa...Jamais!
    O coração é seu cais
    o eterno banco da praça
    de Deus a riquíssima graça
    e rica fonte de paz.
    É tudo isso e bem mais
    sem cor, preconceito ou raça
    paixão é vento que passa
    amor não passa ...Jamais!!!

    Dudé das Aroeiras

    ResponderExcluir
  5. DESABAFO...

    Já cruzei tantos caminhos,
    de espinhos e de flores
    de alegrias,e dores
    muitas ânsias e carinhos.
    Já sonhei, construí ninhos
    tive amores, fui feliz
    tudo que bom eu já fiz
    nessa tão difícil lida
    já fiz tudo nessa vida
    mas acho que nada fiz!

    Já lutei, enfrentei trilhas
    plantei planta, escrevi livros
    nesses giros e mais giros
    eu ganhei três lindas filhas.
    Conheci mares e ilhas
    eu já fui muito feliz
    já sonhei indo à Paris
    mais acordei na saída
    já fiz tudo nessa vida
    mas acho que nada fiz!

    Escrevi sobre a cidade
    sou autor do Hino seu
    foi um dom que Deus me deu
    dom que vai pra eternidade.
    Respeito a comunidade
    trabalho com música e giz
    fiz o que quis e não quis
    e amo a mulher querida
    já fiz tudo nessa vida
    mas acho que nada fiz!

    Eu já fui seminarista
    ouvi cultos protestantes
    já curti bons restaurantes
    o que fiz foi longa a lista.
    Fui e sou violonista
    quando toco pedem bis
    eu já fui um dos Sacis
    na infância distraída
    já fiz tudo nessa vida
    mas acho que nada fiz!

    Na vida eu pintei o sete
    pintei o oito e o nove
    lambuzei o dezenove
    mas isso não se repete.
    Das lembranças de pivete
    eu digo e ninguém me diz
    eu sempre fiz o que quis
    na infância bem vivida
    já fiz tudo nessa vida
    mas acho que nada fiz!!!

    Dudé das Aroeiras

    ResponderExcluir
  6. Gratidão...

    Bendito sejas ó Deus,
    por seres única saída;
    és fonte que jorra amor
    és planta que gera a vida!

    Se não estiveres com todos,
    todos estão sem alguém;
    tu és o tudo de todos,
    sem ti o todo é ninguém!

    Muito obrigado Senhor,
    por tudo que a mim fizeste;
    reparte em parte Senhor,
    a parte que tu me deste!!!

    Dudé das Aroeiras

    ResponderExcluir
  7. TUDO QUE É BOM DEIXA SAUDADE...

    Tudo que é bom deixa saudade
    e pelos fios da memória é relembrado
    um lugar, uma música, um Ser amado
    um perfume de alguém , a mocidade.
    Tudo que é bom tá na saudade
    nas coisas bem -vindas que se vão
    na verdade, neste bolo de ilusão
    recheado nossa vida de lembraça
    e a saudade como sendo a forte lança
    impiedosa perfurando o coração!!!

    Dudé das Aroeiras

    ResponderExcluir
  8. á amei tanto nessa lida
    já vivi também tantas paixões
    já sofri inúmeras ilusões
    que meu peito nunca cicatriza.
    Já notei que o poeta idealiza
    a vida como sendo espinho e flor
    descobri o poeta que hoje sou
    nos versos e reversos dessa vida
    já troquei a volta pela ida
    já fui,mas eu sei que já não sou!!!

    Dudé das Aroeiras

    ResponderExcluir
  9. DEUS...

    Com certeza há um Ser tão poderoso
    criador das galáxias infinitas
    das luas e estrelas mais bonitas
    e do homem este Ser tão virtuoso.
    É Deus este Ser maravilhoso
    o grande ícone da criatividade
    deu seu filho por amor à humanidade
    perdoando seus pecados e os meus
    quem se ajoelha diante desse Deus
    jamais temerá dificuldade!!!

    ResponderExcluir
  10. DOR DA SAUDADE...

    Se você plantar saudade
    esse ai que dói na gente
    plante num lugar bem seco
    e que chova raramente
    pois se plantar no molhado
    essa dor dói um bocado
    nasce, cresce e mata a gente!

    Essa dor é sentimento
    plantado no coração
    só se cura com o tempo
    grande médico da ilusão.
    Não deixe essa dor doer
    nem conserve essa semente
    porque se essa dor crescer
    ELA enrama e mata a gente!!!

    Dudé das Aroeiras

    ResponderExcluir
  11. ELA E EU..

    Eu senti uma dor no peito meu
    foi a dor da saudade que encontrei
    e notei de uma vez que renasceu
    um amor do passado que deixei.
    A saudade me disse:Eu te peguei
    e essa dor me deixou tão motivado
    que o amor do passado que'eu plantei
    renasceu outra vez no meu roçado!

    Hoje vive comigo lado a lado
    junto aos frutos belíssimos que me deu
    que fantástico essa dor ter resgatado
    do passado pro presente Ela e Eu!!!

    ResponderExcluir
  12. NÃO PODEMOS...

    Não podemos cultivar tais sentimentos
    não podemos persistir nessa verdade
    não podemos sofrer os sofrimentos
    não podemos eu sei e você sabe!
    Não podemos...É a pura realidade
    não podemos confundir os pensamentos
    não podemos esses são meus argumentos
    não podemos destruir nossa amizade!!!

    ResponderExcluir
  13. SEQUESTRO...

    No silêncio de uma pedra há saudades,
    inúmeros sequestros de amores;
    quantas lembranças e sabores,
    das infâncias e tantas mocidades!

    Em algum lugar retrata o tempo,
    esse médico que cura as ilusões;
    corações deixados ao relento,
    os quais prisioneiros das paixões!

    No olhar do tempo há lembranças,
    refletidas no espelho da saudade;
    e em tantas pedras fincadas nas cidades,
    quantas sequestraram as esperanças!!!

    Dudé das Aroeiras

    ResponderExcluir
  14. ESPERANÇA...

    Da minha cidade, eu sou as suas praças
    seus becos,suas ruas, seus lares
    seus boêmios,seus botecos,seus bares
    suas tristezas, alegrias, suas graças!
    Da minha cidade, eu sou as suas raças
    seus negros, seus brancos e galegos
    suas pedras, suas serras, seus lajedos
    seus riachos,seus rochedos,suas matas!!!

    Da minha cidade, eu sou as suas garças
    seus pássaros colorindo os madrigais
    seus sonhos, suas dores, seus ais
    sou os odores, dessas flores, dessas matas!
    Da minha cidade, eu sou os seus mapas
    mapiando suas serras e suas pedras
    da minha cidade sou o eco dessas serras
    sou a chuva chovendo em épocas fartas!!!

    Sou uma flecha da história que alcança
    o seu Sol sua Lua e os seus montes
    sou o Vento a ventar nos horizontes
    sou a farta fartura da bonança!
    Sou o jovem, o adulto... sou a criança
    sou a ceca que chega no Verão!!!!
    sou a luta, a peleja, a ambição
    sou mais um revestido de Esperança!!!

    ResponderExcluir
  15. ANTÍTESE II

    A antítese da vida é sempre a morte
    a hipérbole da morte é durar sempre
    o pleonasmo do ter, é de repente
    duplicar o que tem, ter muita sorte.
    A metáfora da vida é mesmo um forte
    frondoso e de esperança alicerçado
    revestido de garra e preparado
    pra enfrentar o efêmero com grandeza
    sendo a morte na vida uma certeza
    o que é hoje amanhã será passado!!!

    Dudé das Aroeiras

    ResponderExcluir
  16. VOCÊ...

    Eu amo tanto você
    você nem imagina quanto
    seja aqui ou qualquer canto
    não me canso de dizer:
    Nunca penso em lhe perder
    no trajeto dessa lida
    pois só vale apena a vida
    se vivida com você!!!

    ResponderExcluir
  17. Mas dentro da arte pura
    nos finais vou afirmando
    VEJO EM PATRICIA GERMANO
    um Ícone dessa cultura.
    PATRICIA é a criatura
    que despertou essa ideia
    ou melhor essa epopeia
    pautando cada figura
    obrigado à VATE PATRICIA
    VERVE DA LITERATURA!!!

    ResponderExcluir